I Simpósio de Ecotoxicologia e Ecofisiologia Animal da UFV – 2017

O I Simpósio de Ecotoxicologia e Ecofisiologia Animal da UFV (SEEA – UFV) teve como objetivo promover e difundir a atividade científica nestas áreas, além de ampliar a interação dos programas de pós-graduação envolvidos, especialmente a parceria entre a UFV e a University of Wisconsin – Madison (EUA). A primeira edição do Simpósio de Ecotoxicologia e Ecofisiologia Animal aconteceu nos dias 20 a 22 de março de 2017, no Campus da Universidade Federal de Viçosa, na cidade de Viçosa, Minas Gerais. Leia mais.

Trabalho premiado

O trabalho intitulado “Repelência de calda sulfocalcica à Drosophila suzukii (Diptera: Drosophilidae)” apresentado na forma de pôster por Larine de Paiva Mendonça ficou entre os cinco melhores trabalhos no I Simpósio de Ecotoxicologia e Ecofisiologia Animal da UFV (SEEA – UFV). Leia mais.

Mendonca, L. P.; Oliveira, A. C. S. S.; Andreazza, F.; Ajila, H. E. V.; Haddi, K.; Oliveira, E. E. Repelência de calda sulfocalcica à Drosophila suzukii (Diptera: Drosophilidae).

Trabalhos apresentados

A união faz a força: impacto da densidade de larvas de Aedes aegypti na sobrevivência do predador Belostoma anurum.

Alterações locomotoras e metabólicas em abelhas africanizadas e abelhas sem ferrão neotropicais submetidas a exposição subletal de imidaclopride.

Changes in honeybees and stingless bees innate color preferences caused by fungicides.

Efeito de imidaclopride sobre a preferência visual inata de espécies de abelhas polinizadoras (Hymenoptera: Apidae).

Parasitism and reproduction modulation by lethal and sublethal exposure to spinosad insecticide on a fruit fly parasitoid.

Repelência de calda sulfocálcica à Drosophila suzukii (Diptera: Drosophilidae).

Respostas reprodutivas do percevejo-marrom-da-soja Euschistus heros quando submetidos à exposição de soluções inseticidas adicionadas de sal de cozinha (NaCl).

Toxicidade da calda sulfocálcica para os ácaros predadores que ocorrem no na cultura do morangueiro.

Toxicidade de inseticidas considerados ecologicamente seguros sobre insetos-pragas não-alvos da cultura do morangueiro.

Toxicidade de soluções inseticidas contendo o neonicotinoide imidaclopride e sal de cozinha (NaCl) ao percevejo predador Podisus nigrispinus (Hemiptera: Pentatomidae).

Toxicidade do herbicida glifosato para a barata d’água Belostoma anurum (Hemiptera: Belostomatidae).

Toxicidade do inseticida piriproxifeno ao percevejo aquático Buenoa amnigenus.

Anais do evento:

Fotos do evento: